Publicado em 02/03/2020 às 16h37 | 628 visualizações |

Professores celetistas paralisam atividades nas escolas da rede estadual em Oeiras

 

Professores da rede estadual de ensino paralisam suas atividades nas escolas da rede publica de Oeiras. Desta vez são os educadores celetistas que se manifestaram apontando que nesta segunda-feira, 02, estarão parando suas atividades.

De acordo com as informações, os celetistas reivindicam a celebração de assinatura do contrato de permanência de trabalho referente ao ano 2020 e ainda correção de seus vencimentos congelados em menos de um salário mínimo desde 2010. Até o momento os professores foram convocados ao trabalho, mas, sem a garantia legal de que continuaram contratados.

Assim, as escolas da rede pública estadual de Oeiras estão praticamente 100% paradas, uma vez que quase 90% dos professores efetivos também estão em greve por tempo indeterminado.

Os profissionais do magistério estão em greve desde o dia 10 de fevereiro. A categoria cobra do governo do Piauí maior agilidade nas aposentadorias, reenquadramento dos funcionários de escola, melhoria nas condições físicas das escolas e reajuste salarial para toda a categoria referente aos anos de 2019 em 4,17% e 12,84% referente a 2020.

Em conversa com o folhadeoeiras, um professor celetista que não quis se identificar afirmou que a paralisarão de hoje pode se estender se as reivindicações deles não forem atendidas. “É difícil acreditar em um governo que brinca com a cara dos professores. Essa paralisação de hoje pode significar o início de um movimento inédito no Piauí, a greve de professores celetistas que lutam pelos seus direitos”, disse o educador.

A manifestação dos professores celetistas ganha corpo nas redes sociais e é intitulada #Juntos Somos Mais Fortes.

Fonte: Folha de Oeiras

Tags

sem tags

Mais de Local