Publicado em 10/12/2019 às 16h48 | 875 visualizações |

Audiência Pública limita participação e provoca indicativo de greve

 

Mesmo com a derrubada da liminar durante a madrugada desta segunda-feira (09) que suspendia a votação da PEC n. 03/2019 que trata da Previdência estadual, não houve votação na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da ALEPI na manhã desta terça-feira (10).

O Fórum das entidades sindicais dos servidores públicos estaduais, da qual o SINTE-PI e a CUT fazem parte, conseguiram que fosse realizada uma audiência pública para que as entidades dos servidores fossem ouvidas. A audiência acontecerá nesta quarta-feira (11/12/2019), às 8h30 na sala da CCJ.

A presidente do Sinte-PI, professora Paulina Almeida lamentou a postura e imposição dos deputados. "Isso é autoritarismo, realizar uma audiência pública limitando o número de participantes. Se é pública, todos podem participar e não somente duas pessoas por entidade. Lamentamos que esta audiência seja uma audiência de fachada", frisou Paulina.

São mais de 20 entidades que compõem o Fórum dos Servidores Públicos Estaduais. Todos os representantes saíram da sessão indignados e fizeram falas de protesto dentro e fora da CCJ.

 

Ainda no pátio da ALEPI, as entidades e servidores presentes fizeram uma votação e já aprovaram o indicativo de greve geral que será referendada AMANHÃ (11/12/2019, quando vai acontecer uma assembleia geral de todas as categorias de servidores do Estado no pátio da Assembleia Legislativa para referendar um indicativo de greve que já deve começar amanhã uma greve geral em todo o estado do Piauí.

Ao final da sessão ordinária da CCJ, o presidente da Assembleia Legislativa, deputado Themístocles Sampaio Filho, anunciou para a imprensa que após a sessão conjunta da CCJ e da Comissão de Administração a PEC da Previdência deve seguir direto para o plenário para ser aprovada. Assim, a Assembleia Legislativa do Piauí mais uma vez se trai os servidores do Estado ao final de um ano legislativo e se vende às emendas do governo estadual.

Tags

sem tags

Mais de Local