Publicado em 07/08/2020 às 10h30 | 528 visualizações |

7 de Agosto| Do Luto à Luta em defesa da vida, dos empregos e salários

 

Neste 7 de Agosto é o Dia Nacional de Luto e Luta, onde todas as centrais sindicais, confederações, sindicatos e entidade aceitaram o chamado para Defender a Vida e os Empregos.

O SINTE-PI participa dessa mobilização virtual em defesa da vida, pois já são quase 100 mil mortos pela Covid-19 no Brasil e nos preocupa o descaso dos governos Federal e estaduais, que tem colocado o lucro acima da vida. Já estamos há 83 dias sem ministro da saúde, e a OMS já relatou que o Brasil está caminhando no sentido contrário do combate à pandemia do novo coronavírus.

100 mil mortes não são números, são vidas que se perderam, famílias despedaçadas, futuros podados.

O presdente da CUT, Sérgio Nobre, destaca que a população precisa mostrar sua pelas 100 mil mortes, é uma tragédia. “Nós alertamos no início da pandemia, em março que se o governo federal não abraçasse a e coordenasse uma politica e um processo de isolamento social para que pudéssemos sair rapidamente dessa crise, preservando vidas e empregos, o país vivenciaria uma enorme tragédia”, diz Sérgio Nobre.

A tragédia anunciada de que o Brasil perderia milhares de vidas e que a economia do país iria para o fundo do poço por falta de um comando nacional para combater a pandemia do novo coronavírus (Covid-19) se confirma a cada dia. Esta semana o país deve atingir a triste marca de 100 mil mortos por Covid 19 e todo mês milhares de trabalhadores e trabalhadoras perdem o emprego e não têm sequer esperança de uma rápida recolocação no mercado de trabalho.

Tanto os números de brasileiros mortos quanto desempregados poderiam ser evitados se o presidente da República não fosse irresponsável ao chamar a Covid-19 de gripezinha, defender o uso de remédio ineficaz (Cloroquina) contra a doença, promover aglomerações, não utilizar máscaras e não liberar recursos suficientes para a área de saúde e não apresentar sequer uma proposta de geração de emprego e renda .

O Brasil vive uma nova pandemia, a de demissões e fechamento de empresas, em especial as micro e pequenas, que  têm, entre seus proprietários, ex- trabalhadores que investiram suas poupanças e reservas financeiras em um negócio para manter suas famílias.

Por todos esses motivos vamos para o Dia Nacional de Luta em Defesa da Vida e dos Empregos - #7deagostolutapelavida

 

Com informações da CUT

Mais de Local