DST/ Aids é tema de palestra do Sinte-PI em unidade escolar Henrique Couto – SINTE PIAUI
Você está aqui
DST/ Aids é tema de palestra do Sinte-PI em unidade escolar Henrique Couto Destaques Notícias 

DST/ Aids é tema de palestra do Sinte-PI em unidade escolar Henrique Couto

Na última sexta-feira (01) o Sindicato dos Trabalhadores em Educação Básica Pública do Piauí (SINTE-PI) esteve presente na Unidade Escolar Henrique Couto para realização da palestra DST/Aids, em comemoração ao Dia Internacional da Luta Contra Aids.

Estiveram representando o Sinte-PI, as professoras Filomena Cristina, Izolda Macedo e Odeni Silva, a atividade  contou também com a presença do palestrante Vitor Kozlowski, que falou sobre os cuidados e prevenções na hora do ato sexual. Estudantes e professores participaram ativamente da roda de conversa que dialogou com os jovens sobre os perigos da Aids e a importância da relação sexual segura.

Representantes do Sinte-PI: professoras Filomena Cristina, Odeni Silva e Izolda Macedo

A diretora do colégio, Keira Pierot, agradeceu ao Sinte-PI pela iniciativa e reforçou a importância do espaço.

“Eu acho que é um tema de suma importância, pois é algo que não é só para os alunos. Essa roda de conversa nos faz pensar se os jovens de antigamente tiveram essa orientação, de uma forma mais aberta. Hoje temos que trabalhar esse tema com os alunos, porque eles têm uma realidade mais aberta, então precisam saber se prevenir. É uma forma de educar para que as próximas gerações estejam protegidas”, comentou a gestora.

O palestrante Vitor Kozlowski, do Centro de Referência LGBT de Teresina, enfatiza por quê debater sobre a Aids é necessário entre os jovens.

“Atualmente a faixa de 15 a 24 anos tem maior infecção justamente no entendimento de que a Aids é mais jovem. É interessante fazer essa discussão porquê mesmo saindo da faixa etária dos jovens, pois já tenho 30, eu posso dialogar com uma educação de pares, que possa ter uma linhagem mais próxima. Além disso posso trazer informações e conhecimento sobre essas doenças transmissíveis como a Aids”, comentou Vitor.

O Sinte-PI lembra que o diálogo sobre doenças sexualmente transmissíveis é de suma importância no ambiente escolar e que ele se estenda para os familiares e para toda a comunidade.

Vitor Kozlowski dialogando com professores e alunos

Antes da culminância deste projeto o Sinte-PI esteve em outras escolas de Teresina realizando palestras sobre a importância da prevenção da Aids, que tem voltado a crescer o número de casos, como a importância de lutar pela manutenção do Sistema Único de Saúde (SUS), que vem sendo um dos principais alvos de desmonte do governo federal.

“As pessoas precisam saber o tamanho e a importância que o SUS tem para a população brasileira, e que o SUS serve de modelo para muitos países desenvolvidos que não tem um sistema público de saúde como o nosso. Precisamos mantê-lo público”, destacou a professora Filomena Cristina.

O Sinte-PI, em parceria com a CNTE, pretende continuar com estas palestras durante todo o ano e não somente no mês de alerta e prevenção contra a Aids.

Redação: Amália Saraiva

Edição: Gleydjane Moura

Artigos Relacionados